18 março 2018

O Senhor das Almas [O Coração da Magia #3] - Larissa Siriani


AVISO DE SPOILERS: POSSÍVEIS REVELAÇÕES DOS LIVROS ANTERIORES
Livros Anteriores

Aqui estou eu, quatro anos depois, escrevendo a última resenha da trilogia... Quem diria! Parece que foi ontem que chegava em casa o As Bruxas de Oxford e me sugava para dentro de suas páginas. Foi uma emocionante viagem pela vida de Malena e seus amigos, pelas ruas de Oxford e conhecendo a magia.

Devo admitir que a demora em ler a conclusão se deu pelo final inesperado de O Coração da Magia. Quer dizer... uufff. Tudo aquilo com a Shiny, o Sam, os Gördon. Eu não esperava e até o último segundo, até a última lágrima da última página eu realmente esperava que os acontecimentos teriam um segundo plot twist e que eu não teria que realmente dar adeus a Sam. Realmente. Realmente, dona Larissa.
Estávamos deitados, ele e eu, lado a lado na grama. Nenhuma parte dos nossos corpos se tocava, mas minha pele estava extremamente consciente da sua presença, se enchendo de arrepios e pequenos choques elétricos apenas pela ideia de tê-lo tão perto.
E então, depois da tragédia que foi para Malena, as coisas aparentemente voltam ao normal – ou, o mais normal possível quando seu namorado é morto por uma bruxa anciã perversa que quer trazer de volta o Senhor das Almas para dominar o mundo material. Malena, obviamente, está um caco. Mais do que isso. Novamente ela teve que dar cabo à vida de alguém e dessa vez de quem amava. O peso é tão grande que o até então impensável acontece: Malena cede lugar para Dorothi em sua mente e desaparece na subconsciência.

Ter dois pontos de vistas em uma história, se você não souber fazer, pode sair pela culatra. Eu tive um problema enorme em Insurgente quando a Rooth dividiu entre Quatro e Tris – odiei. Aqui nesse caso, foi uma transição natural. Dorothi tem uma personalidade totalmente diferente de Malena e sua narrativa refletiu isso, não me deixou confusa, eram duas pessoas completamente diferentes ali como deveria ser.

O Senhor das Almas continua na vibe na qual prometeu – e piora. Com o sacrifício de Malena, as coisas começam a mudar e a ficar mais sombrias. Chuvas torrenciais, blecautes e inesperadas peregrinações com estranhos ligados por um misterioso objetivo em comum. Na metade do livro eu estava sem fôlego e de olhos arregalados. A volta do Senhor das bruxas foi prometido um apocalipse e foi um apocalipse que a Lari entrega, sem piedade.
Só diz adeus quem decide fechar o livro para sempre. E a nossa história ainda tem páginas e páginas para serem preenchidas.
Algo que eu gostei muito, inclusive comentei com a Lari, foi como ela fechou bem o livro. Toda a história, os personagens, eles tiveram um ciclo, os nós foram dados. Eu tenho mais de um exemplo para ilustrar, mas isso estragaria o prazer de ler o livro e descobrir as coisas, pois não são exatamente coisas pequenas. Mas cada ponto do livro que foi abordado desde o primeiro, a maldição, as irmãs, a questão das almas duplas, foi resolvido. Foi um final digno, apesar de triste – afinal, eles lutavam contra o Grande Mal e tudo. Minha sensação foi tipo... terminar Harry Potter sabe? Todas as mortes e as tristezas, mas o alívio de quem evitou o pior e a esperança de algo melhor, eles estão vivos apesar de tudo.

Outro ponto positivo foi ver o amadurecimento no decorrer dos livros, tanto da Malena, quanto da narrativa e da própria autora. É um crescimento que eu acompanhei, são sete anos de publicação e eu vi isso acontecer. É muito gratificante ver uma amiga e profissional crescer!

Finalizei a trilogia com gosto, sem a sensação de algo ter sido deixado para trás. Aproveitei cada momento - e sofri muito também. Foram ótimas leituras, as quais eu indico com força. Literatura nacional de fantasia gente, se ainda não leram e curtem jovem-adulto não percam!
Famílias inteiras haviam morrido, mas nós estávamos aqui. Emocionalmente quebrados, sim, fisicamente danificados, talvez, mas vivos. Corrompidos, mas não vencidos

Literatura Nacional
Título: O Senhor das Almas
Autor(a): Larissa Siriani
Editora:
Páginas: 306
Ano: 2016
Sinopse: É o ano de Dorothi von Evans.  Finalmente no controle de seu corpo, Dorothi está pronta para aproveitar a vida. Mas ainda que Malena não esteja mais consciente, seus sentimentos continuam a perseguir Dorothi por onde quer que ela vá - bem como seus problemas. E o maior deles ainda está por vir. A ascensão do Senhor das Almas faz desenrolar uma sequência de eventos, e Dorothi se vê diante de uma escolha: salvar o mundo que ela ajudou a destruir ou salvar a si mesma?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O que você achou? Lembre-se sempre da educação!