30 dezembro 2017

Amor Plus Size - Larissa Siriani

Eu já conheço a Lari faz uns aninhos e não é a primeira vez que leio um livro dela; inclusive, vira e mexe vocês me veem fazendo a boa fãmiga que sou divulgando o trabalho dela. Até aí, nada novo sob o sol. Até que eu li Amor Plus Size e eu estou assim “aaaahhh Larilindaquevocêfezmenina?”. Tive até uma thread no twitter enquanto lia o livro no decorrer do final de semana. (Aliás, amigos, leiam a resenha até o final que eu tenho um presente de fim de ano para vocês!)
"Por anos na minha vida, eu só tinha existido naquela sala para responder a chamada e aguentar piadinhas, mas nunca tinha me doído tanto fingir que não existia."
Veja bem, se você me acompanha nas redes sociais então sabem que sou toda a favor de empoderamento, pela busca por mudanças, questões de auto aceitação e afins. Encontrar todos esses itens em um livro que, além de bem escrito, não é ríspido e sim suave e gostoso de ler, foi muito bom e revigorante.

Um dos pontos positivos do livro é que não senti raiva de ninguém e a Lari não perde tempo com picuinhas desnecessárias (cofcof entre amigas cofcof). Sim, tem todo uma ambientação jovem, festas, escola, amizades, as primeiras crushes, o que traz uma genuinidade ao livro. Mas o x do livro é a jornada da Maitê e não os outros personagens. Eles estão ali com e por ela, cada um com sua importância, mas o foco é a busca pelo amor próprio e a libertação do que te privava da felicidade e, honestamente: precisamos de mais livros assim. Onde há trégua e gentileza por aqueles que não nos derem o mesmo benefício; onde enfrentamos nós mesmos e conseguimos vencer nossas batalhas internas e encontrar paz mais que encontrara paz entre dois reinos que guerreiam.
"Mas agora eu tinha novos sonhos e uma nova perspectiva de carreira diante de mim. (...) Não queria ter que abandonar nada no meio do caminho."
A única coisa que fui pega de surpresa é que não abordou a vida de modelo da Maitê. Eu meio que estava esperando que fosse contar como era estar lá nos holofotes e o livro teve uma trajetória totalmente diferente mostrando como sua vida pessoal foi atingida e o que ela gostava e desgostava disso.

Se você quer saber sobre amores e antagonistas, serei bem superficial porque não quero acabar dando spoiler e eu sei que isso pode acontecer quando me animo: os amores são uns amores, não deixa a desejar. Você vai sentir o combo das paixões: palpitações, ansiedade, aquela necessidade de fechar o livro cinco segundos só pra respirar e então continuar. No regrets. Já os antagonistas, como eu já disse, eu não senti raiva de ninguém e eles não são uma exceção. Na verdade, eu amei a construção e o desenrolar daquela que bate frente à frente com a Maitê e eu acho melhor parar por ai ou vou acabar revelando demais o enredo dela, coisa que eu realmente não quero fazer.
"Passei anos achando que eu era a única que me enxergava cheia de defeitos, endeusando os outros, e acabou que todo mundo ali era tão ou mais complexado do que eu. (...) O meu peso deveria ser o mais gritante, mas eu era de longe a pessoa menos incompleta comigo mesma na sala. Aquilo era absurdo."
Já faz um tempo que li o livro e ainda não consigo exprimir a satisfação que foi poder ter lido. Primeiro, o orgulho de poder acompanhar o trabalho da Lari e vê-la desenvolver como escritora a cada publicação. Segundo que, apesar da realidade do livro em questão não me atingir, eu sei como é não se sentir representada, quer dizer, eu não era exatamente fã do meu cabelo cacheado quando era mais nova (alguém se lembra doas campanhas da seda onde seus produtos “domavam” as “jubas”? Eu lembro bem demais) e isso só tem mudado recentemente. A seguir o lançamento de APS eu vi o quanto de garotas foram atingidas positivamente e isso é simplesmente maravilhoso sabe, é estar fazendo algo para mostrar que “hey não estamos sós e não há nada de errado sermos nós mesmos”.

Amor Plus Size é um livro que eu super hiper mega power indico. Acho que as jovens mulheres deveriam ler mesmo, pois está cheio de mensagens boas que precisam ser difundidas, espalhadas, gritadas pelos quatro ventos.
"Eu me arrepiei só de pensar. Quando me olhei no espelho aquela noite antes de dormir, agradeci a Deus por ser quem eu era."
Aproveitando que hoje é o último sábado de 2017 vou dar um presentinho para vocês! Que tal um cupom de desconto na Saraiva do Cupom Válido? É só clicar aqui e você pode escolher entre 15% em livros ou 20% em ebooks. Selecionem "ver cupom" e voilà. Vamos começar o ano com livros, tenho certeza que vai atrair só leitura boa!


Literatura Nacional
Autor(a): Larissa Siriani
Editora: Verus
Páginas: 280
Ano: 2016
Sinopse: Maitê Passos é uma garota linda, de dezessete anos e mais de cem quilos. Ela passou a infância e a adolescência sendo resumida ao peso. Mas e quando é justamente esse o fator que pode mudar completamente a sua vida? Em meio ao turbilhão do ensino médio, com uma mãe obcecada por dietas, um crush antigo por Alexandre, o cara mais gato da escola, e uma amizade deliciosa com Isaac, fotógrafo amador, Maitê vai descobrir que não precisa ser igual a todas as outras meninas para ser feliz.
Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário