12 abril 2016

#BEDA2016 | Dois Garotos Se Beijando - David Levithan

Título Original: Two boys kissing
Título Brasileiro: Dois Garotos Se Beijando
Autor(a): David Levithan
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 224
Sinopse: Baseado em fatos reais e em parte narrado por uma geração que morreu em decorrência da Aids, o livro segue os passos de Harry e Craig, dois jovens de 17 anos que estão prestes a participar de um desafio: 32 horas se beijando para figurar no Livro dos Recordes. Enquanto tentam cumprir sua meta — e quebrar alguns tabus —, os dois chamam a atenção de outros jovens que também precisam lidar com questões universais como amor, identidade e a sensação de pertencer.


Craig e Harry querem quebrar o recorde mundial de beijo mais longo - durando cerca de 32 horas. Particularmente, você nunca pensaria em passar pouco mais de trinta e duas horas de pé em frente a várias câmeras e curiosos, sem desgrudar seus lábios dos de outra pessoa; entretanto, a "brincadeira" tem como objetivo protestar contra a violência que milhares de pessoas - como Traiq, um amigo dos dois - sofrem devido à sua opção sexual.
Cooper relaciona-se virtualmente com outros homens, até que seu pai descobre e o agride. Consequentemente, Cooper foge de casa e desliga-se do mundo.
Avery - um personagem fundamental por retratar a transexualidade, porém pouco explorado - e Ryan têm o seu primeiro encontro após um baile gay.
Neil e Peter são um casal aberto com diferentes relações familiares: Neil possui pais que fingem não vê-lo de mãos dadas com seu namorado, e Peter possui pais apoiadores.
Nossa felicidade tinha desafio, e nossa felicidade tinha medo. Às vezes havia anonimato, às vezes você estava cercado de amigos e amigos de amigos. 
Fosse como fosse, você estava conectado. Por seus desejos. Por seus desafios. Pelo simples e complicado fato de quem você era.
Quebrando os padrões ao não apresentar uma narrativa linear, o romance de Levithan possui cinco núcleos - vulgo as cinco situações listadas acima - unidos pela sua opção sexual e pelo link da transmissão do beijo entre Craig e Harry. Todos os personagens contribuem de forma igualitária para tornar esta história emocionante e completa, retratando todos (ou quase) os obstáculos que a homossexualidade sofre.
Sabemos que alguns de vocês ainda sentem medo. Sabemos que alguns de vocês ainda estão em silêncio. Só porque está melhor agora não quer dizer que é sempre bom.
Narrado por todas as almas - em uma só voz - que lutaram pela igualdade e sofreram com a AIDS - principalmente aqueles que foram negligenciados em camas de hospitais, que esperaram uma iniciativa do governo, que viram seus amigos e amores morrerem -, agressões - como a que Tariq sofreu ao andar desprotegido - ou intolerância, David Levithan constrói uma narrativa inteligente e poética, cujo desfecho é capaz de levar o leitor a lágrimas de alívio.
Não escolhemos nossa identidade, mas fomos escolhidos para morrer por meio dela.
"Dois Garotos Se Beijando" é um romance escrito por David Levithan e publicado pela editora Record, destacando-se por abordar o LGBT de forma única, cativante e emocionante. 
Queríamos poder mostrar a vocês o mundo quando dorme. Assim, vocês não teriam dúvida sobre o quanto somos parecidos, confiantes, incríveis e vulneráveis. 

Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário