13 abril 2016

#BEDA2016 | Obsessão Musical: Hailee Steinfeld


Provavelmente você conheça esse rostinho meigo de algum filme como Bravura Indômita ou, e um dos mais recentes, Escolha Perfeita 2. E talvez você não saiba que a atriz agora também se lançou na carreira musical – que está dando muito certo. Sua carreira no geral tem ido bem (com indicação ao Oscar e tudo) e eu estou obcecada por seu trabalho (de uma maneira extremamente saudável). Vamos conhecer ela um pouco melhor então para que a amem junto comigo? ;)

A linda Hailee Cariba Stanfield tem 19 anos – faz 20 ao final do ano – e nasceu em Los Angeles. Começou atuando desde os oito anos de idade e foi rosto da grife italiana Miu Miu, em 2011. Tem filmes dos mais diversos estilos: desde o faroeste Bravura Indômita, pelo qual recebeu indicação de melhor atriz coadjuvante no Oscar; o independente Mesmo Se Nada Der Certo, com Keira Knightley e Mark Rufallo e cuja trilha sonora é maravilhosa; a filmes mais juvenis como A Escolha Perfeita 2 e Escola de Espiões. E tem outros filmes mais, mas não irei me atentar a cada um individualmente.

Eu já havia visto alguns filmes dela, mas foi só com A Escolha Perfeita 2 que eu liguei rosto à pessoa e descobri que eu já conhecia seu trabalho. E agora, além de estar tentando ver todos os seus filmes, também não paro de ouvir suas músicas – que são bem poucas por enquanto. Ela lançou o EP HAIZ final do ano passado e ele vem com músicas que abordam relacionamentos, juventude e amor próprio. São apenas quatro singles lançados até agora, mas podemos sempre contar com alguns vídeos extras em seu canal com acústicos belíssimos.

Já havia escutado sua voz em A Escolha Perfeita 2, mas a primeira canção que conheci dela fora do filme foi Stitches em um feat dela com o Shawn Mendes numa versão acústica. Eu me apaixonei pela letra, pela música e ficou tocando no repeat um mês inteiro.
No mês seguinte à parceria, foi lançado o clipe de seu primeiro single, Love Myself. Cara... mais uma música dela nas mais tocadas no meu celular. Uma balada pop super dançante, que fala sobre se amar acima de tudo e se libertar; me faz querer cair na pista sempre que escuto!
Hell No's And Headphones tem um ritmo calmo que me remete estar andando pelas ruas no meio da noite. Talvez tenha sido essa a intenção, pois o single trata de estar em um círculo de amigos que adoram uma balada e bebidas enquanto você está de boas ali no cantinho.
Seu último lançamento, que estreou mês passado, foi Rock Bottom, uma música sobre estar em um relacionamento instável cheios de altos e baixos. O single ganhou uma versão com a banda DNCE (sim, aquela banda do Joe Jonas) e ficou incrível. Joe, venha já aqui cantar comigo essa música, obrigada.
Deixei essa música por último porque na minha cabeça You're Such A em uma trajetória linear vem depois de Rock Bottom, por relatar um término após um relacionamento ruim entre os dois. Pra mim faz sentido.
Finalizando a minha linha de pensamento que comecei ali nas música, os quatro singles de certa forma parece contar uma história. Começando em Rock Bottom e Hell No's And Headphones com uma Hailee insatisfeita com a maneira que as coisas estavam - um namoro ruim e amizades que não estavam mais combinando. Segue-se para You're Such A, Hailee terminando e não querendo nada com o cara que continua indo atrás dela e, por fim, Love Myself: uma mulher segura, que se libertou do que a prendia e que estava a fim de se amar e não depender de ninguém. Tharam!

Sendo essa a situação ou não, eu adorei todas as música e estou apenas à espera das próximas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário