15 abril 2016

#BEDA2016 | Comic Con Experience 2015




Oi gente linda! Mudando um pouco o estilo dos posts, hoje vou relatar minhas aventuras vividas na Comic Con Experience (CCXP) de 2015!
Então como não tenho memória de elefante (infelizmente), vou contar o que fiz, quem vi e pelo que passei, tentarei dar umas dicas para o pessoal que pretende ir na próxima CCXP ou em algum outro evento com o mesmo porte.
Espero que gostem ;)
                                                      





Fila para desviarmos das obras que estavam ocorrendo




 Ano passado no dia cinco de dezembro (sábado) eu, minha mãe e um amigo, fomos à CCXP em São Paulo. Um sonho foi realizado nesse dia, nunca imaginei que iria a uma Comic Con em minha vida, e quando anunciaram o primeiro evento, que foi em 2014, eu decidi que iria no próximo ano. E fui. Que sonho foi esse, em um ano em que tive tantos problemas minha ida a CCXP com certeza foi o melhor dia que tive ano passado.
 
Por termos ido no sábado já dava para imaginar a quantidade de gente que ia estar no local, e realmente estava lotado. Eu tenho sérios problemas com lugares onde você mal consegue andar de tanta gente, mas até que estava dando para respirar; quando eu via uma multidão já me retirava do caminho com medo de ser carregada.


O medo de me perder era grande
Então, como o São Paulo Expo (local do evento) estava passando por reformas, para chegarmos até a parte onde o evento estava ocorrendo havia um desvio gigantesco que parecia não ter fim, na foto acima era bem o começo da fila. Não sei dizer se esse ano as reformas já terão sido terminadas até o dia do evento, tudo indica que sim. Em outras palavras: mais espaço e mais estandes para a CCXP!

Quando chegamos para o evento era oito horas da manhã, e a CCXP começava somente as dez horas, mas já tinha muita gente lá, até pessoas que dormiram da sexta para o sábado. A maioria queria ver o ator Misha Collins (Castiel em Supernatural), e eu também queria né, foi um dos maiores motivos para eu querer ir no evento além de ver as outras atrações, era uma gritaria quando ele surgia, quase perdi a audição.


Painel maravilhoso! Tirando a gritaria e as interrupções...

Como fomos para o painel do Misha, pegamos fila atrás de fila, até chegarmos dentro do evento, onde ficamos em mais outra fila para entramos no hall onde ocorreria o painel, que começou as dez e acabou entre onze/onze e meia. E como uma fã meio louca que sou, queria muito tirar uma foto com ele, mas infelizmente quando decidi comprar já havia esgotado os tickets para as fotos, então acabei optando por um autógrafo, e lá fui eu para outra fila enquanto minha mãe e meu amigo andavam.
Mesmo tendo que esperar em outra fila, estar passando mal de dor no estômago e de fome aos mesmo tempo, vi o lindo do John Rhys-Davies (Gimli de Senhor dos Anéis) de longe, e quando chegou a hora programada para os autógrafos o lindo do Misha Collins andou entre a fila para cumprimentar os fãs. Aí quase infarto com ele passando do meu lado, minha situação já piorou: além de passando mal minha pressão caiu.
Gente, dica para a vida, lembrem-se de sempre levar algum alimento e água em suas bolsas, se não vocês vão passar mal!


Gente eu tremi tanto quando ele passou!
Sério, eu estava tão mal que ele me perguntou se eu estava bem, e não é legal falar que você não comeu ainda e sua pressão caiu enquanto seu ídolo está na sua frente segurando sua mão além de falar que meu nome era diferente, rapaz, quase desmaio ali mesmo! Adorei conhece-lo, simpatia pura e mesmo os autógrafos sendo na maior correria pela quantidade de gente, ele falava com todos que passavam por ele, foi um sonho realizado em minha vida.
 
Então depois dessa aventura, finalmente fui comer, e é outro chá de espera, o que é completamente normal em eventos assim. Se você planeja ir em um evento como esse leve isso em mente: você vai esperar muito, mas vale a pena no final, eu vi tantas coisas que nem sabia o que fazer, praticamente só comprei lembranças. Outro fato sobre esses eventos: as coisas vão ser caras, então tente se organizar criando em mente o que você mais gostaria de comprar.

Quando fomos embora, estávamos completamente acabados, mas me sentia muito realizada. A CCXP me encantou completamente, me sentia realizada ao sair de lá, foi um dia corrido, mas proveitoso, eu tentei me preparar ao máximo que pude, sabendo que deveria estar preparada para tudo; não me decepcionei, por ser meu primeiro evento desse porte aproveitei muito e me diverti. As vezes não conseguimos fazer o que queríamos, mas em eventos assim é completamente normal, não adianta reclamar.

Finalizo então o meu relato sobre a CCXP, não dei muitos detalhes porque também não me lembro de cada segundo, e como já faz alguns meses posso ter me esquecido de uma coisa outra, mas quero anunciar também que tudo indica que esse ano, eu e a Mary vamos ir ao evento causar muito, e depois contaremos para vocês como foi nossa experiência desse ano!

VAI SER ÉPICO!



Nenhum comentário:

Postar um comentário