04 maio 2015

Para Onde Ela Foi - Gayle Forman

Título Original: Where She Went
Título Brasileiro: Para Onde Ela Foi
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
Páginas: 219
Sinopse: Já faz três anos que o amor de Adam salvou Mia após o acidente que mudou a vida dela. Três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre. Vivendo agora em lados opostos do país, Mia é um talento em ascensão na Juilliard, a conceituada escola de música, e Adam é o típico astro do rock de Los Angeles, com direito a notícias nos tabloides e uma namorada-celebridade. Quando Adam se vê sozinho em Nova York, o acaso reúne o casal mais uma vez. Por uma noite.
SKOOB


Admito que estava receosa de ler Para Onde Ela Foi. Minha experiência com Se Eu Ficar não foi das melhores, então não estava com muita vontade de ler a continuação, achava que nem a história valeria muito a pena. Admito também que eu trouxe o livro errado de casa e por isso acabei lendo ele mesmo, na falta de um outro mais fino para ler durante uma viagem. E esse erro acabou em um acerto: a leitura no final compensou bastante.

Para Onde Ela Foi é contado pela voz de Adam e começa três anos após o acidente que matou a família de Mia e quase a levou também. Logo de cara, percebemos que Adam está mal: tomando remédios para ansiedade, irritadiço, estressado, e Mia não está com ele no turbilhão louco que a vida dele se tornou com o sucesso da banda - com a qual também não mantém mais um boa relação. As coisas mudaram muito, estão estranhas e erradas quando o livro começa; não sabemos o que aconteceu nos três anos que separam o primeiro e o segundo livro e Forman trabalhou bem o mistério, deixando pistas aqui e suspense ali.
"Acabei percebendo que há uma grande diferença entre saber que algo aconteceu e saber por que aconteceu, e acreditar nisso."
A história aos poucos vai tomando forma, não apenas em questão ao passado oculto, mas também como que o que aconteceu influenciou as pessoas e os levou para como estão vivendo atualmente, que é outra coisa que vai sendo apresentada aos poucos. Assim, nesse misto de informações sobre o presente e o passado, vamos compreendendo os fatos e assimilando o que foi que aconteceu.

Mia e Adam. Mesmo com a frieza no qual Se Eu Ficar foi escrito, eu gostava do casal. Mia era um pézinho no saco, mas eu curtia Adam e gostava do romance dos dois. Agora, em Para Onde Ela Foi, com a narração apaixonada e arrebatadora de sentimentos do Adam é simplesmente suspirante. Ele é intenso, no amor e na raiva e nas frustrações. É outra coisa ler sobre o namoro dos dois, sobre o acidente, e sobre tudo na verdade que ele conta.

Quando se encontram em NY, Mia leva Adam para turistar pela cidade que ela tanto ama. Feridas serão cutucadas, algumas serão costuradas e enfrentamentos serão feitos de ambos os lados. Acima de tudo, o perdão e o fechamento acontecerá entre os dois. O livro é tão melhor que o primeiro, na narrativa, no tom, no enredo. O final pode até ter sido previsível (eu tinha uma outra ideia do final que gostaria), mas o caminho foi uma delícia.
"Deixar para trás. Todo mundo fala como se isso fosse a coisa mais fácil. Abrir seus dedos uma a um até sua mão ficar aberta."

Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário