09 abril 2015

Romeu Imortal - Stacey Jay

Título Original: Romeo Redeemed
Título Brasileiro: Romeu Imortal
Autor(a): Stacey Jay
Editora: Novo Conceito
Ano: 2012
Páginas: 320
Sinopse: Amaldiçoado a viver por toda a eternidade em seu espectro, Romeu, conhecido por seus modos rudes e assassinos, recebe uma chance de se redimir viajando de volta no tempo para salvar a vida de Ariel Dragland. Sem saber, Ariel é importante para os dois lados, os Mercenários e os Embaixadores, e tem o destino do mundo nas mãos. Romeu deve ganhar seu coração e fazê-la acreditar no amor, levando-a contra seu potencial obscuro antes de ser descoberto pelos Mercenários. Enquanto sua sedução se inicia como outra mentira, logo ela se torna sua única verdade. Romeu jura proteger Ariel de todo o mal, e fazer qualquer coisa que for preciso para ganhar seu coração e sua alma. Mas quando Ariel se decepciona com ele, ela fica vulnerável à manipulação dos Mercenários, e sua escuridão interna poderá separá-los para sempre.
SKOOB

Em Romeu Imortal temos a trajetória de Romeu em busca de sua redenção após Julieta Imortal. Em um paralelo com seu passado e o presente, aprendemos mais sobre Romeu, o que o levou a tomar as escolhas erradas e como ele conviveu e convive com isso por séculos.

Eu gostei muito mais de Romeu Imortal que o seu volume antecessor. Romeu é carismático e melhor construído o que torna a leitura bem mais agradável. Ariel não é lá essas coisas, achei uma personagem confusa, como se a autora não conseguisse defini-la e resolvesse deixar assim. Mas ainda é melhor que Julieta. Falando na dita cuja, O QUE ELA ESTAVA FAZENDO NESSE LIVRO? Achei confuso a presença dela, meio que negou o final do primeiro, mas o primeiro e o segundo estão ligados, então entendi é nada!
"Para mim, a felicidade foi um raio que caiu antes que um recém-convertido Mercenário ferisse sua amada com um punhal; foi aquele momento brilhante de quando ainda não era a criatura mais sofrida da sala."
Eu disse na resenha de Julieta Imortal que estava me esforçando para aceitar essas paixões súbitas. Estava enganada. Não consigo lidar com amores derradeiros absurdos que acontecem em 3 dias. Não dá. Não consigo aceitar um amor que te faça se sacrificar e sei lá mais o que quando as pessoas se conheceram há três dias. Isso é uma coisa que me incomoda tremendamente nos livros da Jay e não desce de maneira alguma.

No mais, eu gostei da história foi conduzida e de como foi finalizada. A autora parecia mais segura nesse volume, e tomou liberdades maiores para escrever uma história com mais ação. Foi muito bacana porque ela se arriscou mais e acabou dando certo.
"Existem garotos amaldiçoados, segredos perigosos, e talvez resposta, esperança e finais felizes. Pelo que sei, pode ser que existam unicórnios e fadas também, e não tem como deixar a vida real meter seu nariz feio e enverrugado num momento como este."
Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário