23 dezembro 2014

Atrás do Espelho [Splintered #2] - A.G. Howard

Título Original: Unhinged
Título Brasileiro: Atrás do Espelho
Autor(a): A.G. Howard
Ano: 2014
Editora: Novo Conceito
Páginas: 396
Sinopse: Em O Lado mais Sombrio, a releitura dark de Alice no País das Maravilhas, Alyssa Gardner foi coroada Rainha, mas acabou preferindo deixar seus afazeres reais para trás e viver no mundo dos humanos. Durante um ano ela tentou voltar a ser a Alyssa de antes, com seu namorado, Jeb, sua mãe, que voltou para casa, seus amigos, o baile de formatura e a promessa de ter um futuro em Londres. No entanto, Morfeu, o intraterreno sedutor e manipulador que povoa os sonhos de Alyssa, não permitirá que ela despreze o seu legado. O mesmo vale para o País das Maravilhas, que parece não ter superado o abandono. Alyssa se vê dividida entre dois mundos: Jeb e sua vida como humana... e a loucura inebriante do mundo de Morfeu. Quando o reino delirante começa a invadir sua vida real, Alyssa precisa encontrar uma forma de manter o equilíbrio entre as duas dimensões ou perder tudo aquilo que mais ama.


Contém spoilers de O Lado Mais Sombrio

O que dizer dessa trilogia que chegou esse ano e me conquistou num estalar de dedos? Apenas que fica melhor a cada volume e a cada página virada; mais emocionante, mais sombria e cheia de aventuras. Uma das melhores leituras que fiz em 2014.

Alyssa está passando por um ano relativamente normal. Sua mãe está de volta a sua vida e compensando seu afastamento por tantos anos, seu namorado Jeb é um artista em ascensão e ambos tem planos para se mudar para Londres - assim que seus pais derem permissão. Apesar de estar aproveitando a normalidade que há muito não tem, ela sabe que há perigos à espreita e que o País das Maravilhas não está totalmente salvo. A Rainha Vermelha está perdida em algum lugar, os mosaicos de Alyssa continuam lhe mostrando que algo muito ruim está para acontecer. Para completar, Morfeu voltou a aparecer convicto de que seu lugar é junto aos seus súditos intraterrenos,
"Um mau agouro acomete meu coração: essa viagem ao País das Maravilhas será meu fim. Se eu correr novamente esse risco perderei mais do minha vida normal e diária."
Atrás do Espelho continua com a narrativa envolvente e enredo apaixonante do primeiro livro. Alyssa amadureceu bastante em relação ao O Lado Mais Sombrio, abraçando e aceitando sua descendência intraterrena. Ela se tornou uma das minhas personagens favoritas. Al é sarcástica e às vezes marrenta, mas é leal e tenta proteger quem ama a todo custo. Gosto de como Anita a deixou humana, mesmo tendo sangue mágico, e como ela tenta conciliar as duas coisas sem se perder no trajeto. Sem contar que ela é ativa, vai atrás e faz as coisas, se machuca - feio algumas vezes.

Nesse segundo volume as referências às obras de Carroll continuam. Temia que que ficasse repetitivo ou não tão legal, mas Howard surpreende novamente ao ser criativa e de certa forma original em sua releitura da obra, e foi muito bem feito e de bom gosto, uma coisa meio estilo steampunk. Outro ponto positivo (de vários) é como a história foi bem construída e conectada; o enredo é elaborado, mas não é confuso ou pesado, mas sim atraente e interessante.
"Você é metade humana, e artista. A criatividade é o seu poder. Um poder que ela cobiça, mas nunca terá."
Já comentei na resenha de O Lado Mais Sombrio que eu gostei muito de Morfeu, aqui ele continua me seduzindo. Explorado mais, vemos mais de suas facetas e entendemos melhor sua personalidade e como ele "funciona", mesmo vendo pelo ponto de vista de Alyssa é possível conseguirmos enxergar melhor a profundidade do personagem.

Ah, o que dizer do final do livro? Gente. GENTE. Vou me segurar para não surtar aqui, mas GEN-TÊ. De todas as coisas, aquele final eu não esperava mesmo. Foi tão súbito e totalmente imprevisto! Estou chocada, não estava preparada para aquilo. Deu um ganho incrível para o terceiro e último livro da trilogia (Ensnared, lançamento para 13 de janeiro de 2015, sem data no Brasil ainda).

Para finalizar, a Novo Conceito fez um trabalho belíssimo no livro. Mantiveram a capa original (linda) e por dentro as páginas tem detalhes nas laterais e o início dos capítulos são personalizados. Ficou muito delicado.
"Eu sou louca, e aceito isso. A loucura faz parte do meu legado."
Avaliação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário