14 julho 2014

Princesa Mecânica [As Peças Infernais] - Cassandra Clare

Título Original: ClockworkPrincess: The Infernal Devices
Título Brasileiro: As Peças Infernais: Princesa Mecânica
Autor (a): Cassandra Clare
Ano: 2013
Editora: Galera Record
Páginas: 430
Sinopse:Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.


Primeiramente gostaria de pedir mil desculpas pelo atraso com as resenhas, por ter muito o que estudar fiquei presa, e depois quando finalmente entrei de férias, fiquei doente... Mas agora voltei, e se tudo der certo as resenhas atrasadas estarão aqui antes de eu voltar as aulas, e mesmo quando voltar vou me programar para não me atrasar novamente.

Enfim, aqui está o fim da saga de As Peças Infernais, com seu último livro Princesa Mecânica, trazendo nossos queridos personagens Tessa, Will e Jem de volta, para nos fazerem rir e chorar, mais chorar do que rir, mas ainda amamos eles.

Nesse último livro, Tessa está em treinamento para se preparar contra os autômatos que o Magistrado continua a enviar contra os Caçadores de Sombras, enquanto tenta descobrir seu misterioso passado, e nesse meio tempo também está noiva de Jem, o que deveria deixa-la ao menos um pouco feliz, mas com todos os problemas e com seu coração ainda dividido por gostar de Will, não há espaço para felicidade.

“Tentou se lembrar do treinamento – todas aquelas horas com Gideon conversando cuidadosamente sobre calibração, velocidade e punho – mas, no fim das contas, o que pareceu conduzir o longo pedaço de metal para o tronco da criatura foi puro instinto.” Pág. 45.

Jem continua piorando cada vez mais com sua doença mortal, tentando ao máximo sobreviver para aproveitar Sua vida com Tessa, mas como tudo não é fácil, se tornando mais fraco e deixando Will cada vez mais preocupado, e sem saber o que fazer para ajudar o seu amigo. Will também está sofrendo seu dilema, entre ajudar Jem, e o noivado de Tessa com o mesmo, seu coração também fica dividido entre seus dois grandes amores.

Outros queridos personagens retornam, Gideon e Gabriel agora estão do lado de Charlotte após a traição de seu pai, e Henry junto com nosso querido Magnus trabalham juntos na expectativa de construir algo para parar com os autômatos do Magistrado, uma morte um tanto quanto comovente nos aguarda e um novo casal se forma mesmo ao meio de uma terrível guerra.

“- Sabe aquela sensação – disse ela - , quando você está lendo um livro, e percebe que vai acontecer uma tragédia? Você sente o frio e a escuridão se aproximando, vê a rede se fechando em torno das personagens que vivem e respiram nas páginas.” Pág. 61.

Com um decorrer rápido e detalhado, Princesa Mecânica fecha a saga de As Peças Infernais, nos dando um final maravilhoso, que nos faz confundir alguns sentimentos quanto ao final do livro, alguns personagens possuem uma mudança drástica e forte em suas personalidades, enquanto outros continuam sendo como são, mas sem perderem suas qualidades que nos fazem adora-los.


O final não deixa a desejar de nenhum jeito, não tenham medo de aventurar-se a lê-lo, apenas se você não quiser acabar de ler, o que todos sofremos quando temos em mãos o último livro de uma saga que amamos, mas com o final maravilhoso e surpreendente, não deixe de ler, quando sentir saudades se seus personagens queridos poderá sempre ler novamente, e sofrer novamente também, mas sempre por uma boa causa.