24 maio 2014

Um vício chamado webseries!

Lá em 2012, logo no começo do blog, eu falei sobre uma websérie que havia me conquistado chamada The Lizzie Bennet Diaries que é baseada no livro Orgulho e Preconceito da Jane Austen. Mal sabia eu que era apenas o início das minhas aventuras pelas webséries.

WEBSÉRIE é exatamente o que o nome indica: séries vinculadas na internet. Elas são divididas em episódios e temporadas assim como as séries de TV, com a diferença do tamanho de duração. Geralmente, as webséries são mais curtas em questão de tempo de episódios. Esse formato novo de entretenimento têm atraído cada vez mais público e especialmente mídias de marketing. Mas não entremos nessa parte, que o que eu quero falar mesmo é de diversão.

Com o sucesso de TLBD, foi criada a Pemberley Digital, uma empresa especializada em webséries que adapta clássicos neste novo formato e utiliza redes sociais para interagir com o público (e que dá uma impressão de realidade ao show). Super legal, né? E foi assim que surgiu Welcome do Sanditon e Emma Approved e em breve teremos Frankestein MD. E essas são apenas as séries da Pemberley.

Welcome to Sanditon, já finalizado, é uma espécie de "spin-off" de The Lizzie Bennet Diaries e ao mesmo tempo uma adaptação de Sanditon, um romance inacabado de Jane Austen. Gigi Darcy vai até Sanditon, Califórnia, para testar um aplicativo de comunicação chamado Domino. Os habitantes da cidade vão usar o aplicativo para registrarem seu dia-a-dia em forma de vídeos. Gigi se depara com conflitos de interesses políticos - e romances - tudo registrado pela Domino.



O projeto atual é Emma Approved. Não tem relação com as duas séries anteriores, ou pelo menos ainda não foi apresentado nenhuma até então. É adaptação de Emma, também da Jane Austen. Emma Woodhouse e Alex Knightley são amigos há anos e possuem uma empresa de life coaching, isto é, ajudam as pessoas no que elas precisam para melhorar a vida delas. Ambiciosa, Emma resolve registrar o seu trabalho para a posterioridade em formato de vlog – e é claro que as coisas não saem como ela gostaria.


Alguns dias atrás a Pemberley Digital anunciou que o projeto deste ano seria Frankestein MD. Baseado na obra de Mary Shelley, contará a trajetória de Victoria Frankestein (sim, Victor virou Victoria), uma jovem prodígio, excêntrica e obcecada, determinada a se destacar na ciência e medicina, área dominada pelos homens. Estreia no segundo semestre deste ano.

Há diversos outros projetos rolando pela internet, youtube principalmente. Nothing Much To Do é baseado em Much Ado About Nothing, de Shakespeare e é uma produção australiana. É muito legal, e, dos que vi até agora, o que mais se parece com vlog de pessoas normais que com uma produção. Tem também The News Adventures of Peter and Wendy, um amorzinho! Peter Pan e Wendy Darling e seus irmãos moram na cidade de Neverland, Ohio. Peter tem seus vinte e poucos anos de idade, porém, mentalmente age como um adolescente, e para o desespero de Wendy, leva consigo seu irmão mais novo, Michael, em suas estripulias. Soa familiar? A série conta também com Lily (Tiger Lily, a indiazinha) e a misteriosa Sininho. Ainda tem Jules e Monty, baseado em Romeo e Julieta e Autobiography of Jane Eyre, claramente baseado em Jane Eyre.

Fugindo da onda de adaptações, há o Classic Alice: aspirante a escritora, após uma nota baixa numa redação, Alice decide ler clássicos e atuar como seus personagens em sua vida para se aproximar mais dos sentimentos deles. Andrew, seu melhor amigo, a ajuda documentando-a para um projeto de uma de suas aulas. Uma das minhas últimas e queridas descobertas, é a Kissing inThe Rain. A primeira temporada possuí apenas 7 episódios de 2 a 3 minutos aproximadamente, é a história de Lily e James (só eu lembrei de Harry Potter aqui?), atores que vivem se encontrando em cenas românticas, mas que não se dão muito bem fora de tela. Super meigo. E da mesma diretora e roteirista de Kissing In The Rain, há o I Didn’t Write This. São partes de livros, de poemas, encenados pelos atores. Fiquei apaixonada por ele!

Infelizmente, a maioria não é legendado, mas quem manja um pouco de inglês eu acho que consegue entender o que se passa – é até uma forma divertida de treinar os ouvidos! Dos que citei na postagem, The Lizzie Bennet Diaries e Emma Approved foram legendados por fãs, estão disponíveis no canal da Larissa Siriani (exatamente aquele do vídeo acima). Você pode conferir AQUI AQUI respectivamente. The New Adventures of Peter and Wendy e Jules and Monty também estão sendo legendados, você pode escolher no próprio player a opção de legenda.

Se interessou mais pelas webséries? Não se acanhe, junte-se a mim! Para assistir é só clicar no nome que será direcionado para o primeiro episódio. Divirta-se!