21 janeiro 2014

Lugar Nenhum - Neil Gaiman

Título Original: Neverwhere
Título Brasileiro: Lugar Nenhum
Autor (a): Neil Gaiman
Ano: 2010
Editora: Conrad
Páginas: 334
Sinopse: Em 'Lugar Nenhum' Neil Gaiman conta a história de Richard Mayhew, um jovem escocês que vive uma vida normal em Londres. Tem um bom emprego e vai se casar com a mulher ideal. Uma noite, porém, ele encontra na rua uma misteriosa garota ferida e decide socorrê-la. Depois disso, parecer ter se tornado invisível para todas as outras pessoas. As poucas que notam sua presença não conseguem lembrar exatamente quem ele é. Sem emprego, noiva ou apartamento, é como se Richard não existisse mais. Pelo menos não nessa Londres. Sim, porque existe uma outra - a Londres-de-Baixo. Constituída de uma espécie de labirinto subterrâneo, entre canais de esgoto e estações de metrô abandonadas, essa outra Londres é povoada por monstros, monges, assassinos, nobres, párias e decaídos - e é para lá que Richard vai.

Lugar Nenhum é o primeiro romance de Neil Gaiman, autor dos best-sellers Deuses Americanos (Conrad, 2004) e Filhos de Anansi (Conrad, 2006), e criador da revolucionária série de quadrinhos Sandman. Concebida originalmente como série de TV em seis capítulos, Lugar Nenhum foi transmitida pela rede inglesa BBC. A transformação em romance resultou em sucesso imediato, conduzindo a obra às listas de best-sellers do Los Angeles Times e do San Francisco Chronicle, entre outras.



O que dizer deste lindo livro de Neil Gaiman, que não sejam coisas boas? Lugar Nenhum tem como personagem principal Richard, uma pessoa comum vivendo e trabalhando em Londres, que um dia enquanto ia a um jantar com sua noiva Jessica, se depara com uma garota machucada no chão que as pessoas aparentam ignorar, então ele toma a decisão de ajuda-la e logo se vê mergulhado no mundo da Londres de baixo.

A garota tem o nome de Door e está sendo caçada por dois assassinos de aluguéis, que mataram toda sua família, e que desejam terminar o serviço, após ajuda-la, Richard percebe que ninguém mais o reconhece, ou simplesmente o ignoram, o que o faz embarcar a procura de Door para descobrir como retornar a sua antiga vida.

“Mesmo assim, era mais fácil acreditar em alguma coisa quando ela não estava olhando diretamente para você e dizendo o seu nome.” Pág. 178.

Ao embarcar no mundo dessa Londres de baixo, criaturas entranhas são conhecidas, por Richard, e ele descobre que não poderá retornar a sua vida normal, Door sendo solidária com sua situação o chama para a ajudar em sua busca, que consiste em descobrir quem e por que mandaram matar sua família.

Richard passa o livro inteiro agindo como um estranho ou como um leigo, afinal ele caiu de paraquedas nesse novo lugar que ele sequer sabia da existência, mas faz seu possível para tentar ajudar Door, o que mostra apenas o quão gentil ele é como personagem, e Door a pobre garota sem família, vem de uma família que era nobre, a fazendo ter um nome conhecido, e também ter um poder muito cobiçado, o de abrir portas.

“Richard tinha saído do mundo das metáforas e entrado naquele onde as coisas simplesmente são, e isso provocava mudanças nele.” Pág. 277.

Temos também o Marquês de Carabas, que é o acompanhante de Door em sua missão, tendo uma fama por seus feitos e armações, e Hunter, sua misteriosa guarda-costas que esconde muitas coisas de seus companheiros. Os assassinos Croup e Vandemar se mostram verdadeiros psicopatas, prontos para fazer os serviços para o qual foram contratados, sendo sádicos em todos os momentos que conseguem ter suas presas em suas mãos.

A literatura de Gaiman se mostra impecável como sempre, com metáforas para serem interpretadas pelo leitor, o famoso para ler e refletir funciona muito bem nesse livro, em vários momentos pude ver o quanto a vida de Richard me lembrava da minha, me fazendo querer ir atrás de algo que fizesse minha vida sair da monotonia (nossa que trágica eu soei agora...).


O livro, no entanto pode ser um tanto quanto parado, sem muita excitação ou momentos dramáticos, apesar disso o livro corre num ritmo bom, e os personagens, apesar de nem todos serem bem aprofundados, possuem personalidades que os destacam. Lugar Nenhum, é um caso curioso de série que se tornou livro, a série foi feita em 1996 por Gaiman e somente após seu fim o livro foi lançado, está ai uma dica para vocês aproveitarem esses finais de férias.