22 dezembro 2013

Esc@ndalo - Therese Fowler

Título Original: Escândalo
Título Brasileiro: Exposure
Autor(a): Therese Fowler
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Sinopse: Amelia Wilkes tem um pai rigoroso que não permite que ela namore, mas isso não a impede de viver um romance secreto com o cativante Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham uma vida juntos e planejam contar tudo sobre seu amor aos pais de Amelia... Mas só depois que ela completar dezoito anos — e for legalmente reconhecida como adulta. No entanto, a paixão do casal é exposta mais cedo do que o previsto... Eles são jovens, andam grudados aos seus celulares e postam todo tipo de informação — inclusive aquelas informações mais particulares, que só deveriam dizer respeito a eles mesmos — até que o pai de Amelia encontra fotos de Anthony, nu, no computador de sua filha. Poucas horas depois, Anthony é preso. Apesar dos protestos de Amelia, seu pai usa de todo o poder e influência entre os policiais, e entre os meios de comunicação, para transformar Anthony em um pervertido que caçava sua inocente filha. De mãos atadas, cabe aos dois apaixonados arriscar uma última saída, ousada e perigosa, e apagar a acusação de sexting que Anthony recebeu.

Amelia Wilkes tem um pai rigoroso: alegando querer apenas seu bem e um futuro brilhante para a sua filha brilhante, planeja com vigor seu futuro e sua vida. Amelia não se importava com seu cuidado exagerado até conhecer Anthony Winter, rapaz com o qual divide a paixão pelo teatro - e um amor impossível. Afinal, o pesadelo de seu pai é que ela se relacione com alguém como ele: filho de mãe solteira, interessado pelas artes e de situação econômica inferior a deles. Prevendo a negativa do pai, os dois enamorados embarcam em um namoro escondido de quase todos e sonham com sua vida juntos Nova Iorque após a formatura.

Seu relacionamento é exposto de uma maneira imprevista quando Harlan, pai de Amelia, se deparara com fotos nuas do rapaz no computador da filha. E a situação só tem a piorar quando sua filha que considerava perfeita também é sujeita a terríveis acusações.

Therese Fowler escreveu Escândalo após seu filho ser acusado e preso por sexting - prática da troca de mensagens/fotos de teor sexual explícito - com o intuito de alertar principalmente aos jovens, os mais ligados na tecnologia, e a seus pais. Devo dizer que sua missão foi devidamente cumprida.
"Seu prazer duraria apenas sete minutos, e esse lapso de sete minutos seria o último deleite que experimentaria por um longo período dali em diante."
Utilizando o amor desenfreado de Amelia e Anthony, a autora teceu uma história que vai além de um amor proibido pelo pai e os sonhos de estrelado. A atitude do pai de Amelia é o combustível para que os dois ajam inconsequentemente e às escondidas, culminando no escândalo da exposição da intimidade. Entretanto, apesar dos pesares, se não fosse Hans acusando Anthony de pedofilia e insistindo que ele era o culpado e sua filha a vítima, a proporção do problema seria muito menor.

A maior parte da leitura é as acusações judiciais e como o casal as enfrenta; achei essa parte bem cansativa apesar de interessante para conhecer como funciona o sistema lá nos Estados Unidos. No meio tempo que o processo ocorre, Amelia e Anthony tentam se ver e se falar, contando com a ajuda melhor amiga de Amelia, Cameron. Conforme provas vão aparecendo, a situação de ambos piora e o medo das famílias e do casal aumenta, acabando em uma atitude desesperada da parte de ambos. E Hans ainda convicto que tudo é culpa de Anthony. Não sei se sinto pena ou raiva por sua ignorância e cegueira.
"A sua ausência era uma seca, e seus pais, pensou ela, empregando outra metáfora, eram como dois sóis quentes de um verão escaldante que se recusaram a se pôr."
Estranhamente, não me senti muito atraída pelo casal principal. É uma história interessante e bacana, mas não deu liga entre eu e eles. Amelia me surpreendeu durante a trama, demonstrando ser mais que um rostinho inocente, sendo possuidora de coragem e teimosinha que resultou em uma relação de complicada entre eu e ela, não sei se gostei ou não dela. Anthony é uma graça, um tanto estereotipado, mas agradável. Ainda assim, não me conquistou muito.

Não sei se a minha falta de envolvimento com o livro é porque demorei para ler e estava cansada. Eu o iniciei, mas interrompi por semanas por conta dos vestibulares antes de pega-lo novamente para terminar. Talvez seja alguma ressaca literária, mas apesar de muito bem escrito, o livro não excedeu expectativas - na verdade, eu esperava outra coisa e até mais, me decepcionou um pouco no gera.
"Os desejos eram coisas diáfanas, insubstanciais, que não tinham valo nem propósito. A ação era a única maneira de fazer algo acontecer."
Avaliação: