11 fevereiro 2013

#Livro Amanhã: Quando A Guerra Começou

Ficha Técnica
Título Original: Tomorrow: When The War Began
Título Brasileiro: Amanhã: Quando A Guerra Começou
Autor(a): John Marsden
Ano: 1993
Editora: Fundamento
Páginas: 256
Sinopse: Ao voltar de uma semana de acampamento, Ellie e seus amigos descobrem que a cidade em que viviam foi invadida por um inimigo desconhecido. Suas famílias foram aprisionadas e uma guerra está acontecendo em seu país. Agora, eles estão sozinhos em uma cidade sitiada, lutando para descobrir o que aconteceu com seu país e tentando sobreviver. AMANHÃ é a história de uma aventura extraordinária em tempos extraordinários, em que esconderijos, explosões e fugas passam a fazer parte da rotina desse grupo de amigos. Sozinhos e sem ter para onde ir, Ellie e seus amigos vão precisar de toda a coragem e ousadia para sobreviver.


O que você faria caso saísse por uma semana para acampar e, quando voltasse, encontrasse uma cidade vazia e abandonada? E se mais tarde descobrisse que seu país entrara em guerra e que seus pais, amigos e familiares estão presos e que soldados dominaram sua cidade? Foi esse cenário que Ellie e seus amigos se depararam quando voltaram de sua despedida das férias de verão.

Sete amigos que viviam na pacata cidade de Wirraeee foram obrigados a se tornarem guerrilheiros para poderem sobreviver e resistir à invasão; ao invés de tocar o gado e cuidar da colheita, passaram a se preocupar com armamento, onde e como arranjar comida, se esconder e, principalmente, a sobreviver em meio a uma guerra cada vez mais eminente.

"Não sei se estava feliz naquele dia - meu nervosismo e ansiedade estavam aumentando -, mas tenho certeza de que, depois daquele dia, nunca mais fiquei feliz."

Com uma escrita cativante e pessoal, narrado por Ellie, em forma de relato, e não muito grande ou cansativo, a série Amanhã, escrita por John Marsden, me conquistou logo com o primeiro livro: Quando A Guerra Começou.

Não há uma guerra propriamente dita, o mundo não está de cabeça para baixo em alguma espécie de distopia e não há nada sobrenatural acontecendo. Amanhã se encontra em um tipo de pré-guerra, o elemento inovador que tanto me atraiu; o país foi invadido e há prisioneiros, resistência e negociações, entretanto não há massas de exército se enfrentando ou algo do tipo. O que não diminui o perigo e complicações, principalmente para um grupo de adolescentes foragidos.

"Pessoas, sombras, bem, mal, céu, inferno: tudo não passava de nomes, rótulos, nada mais. Os seres humanos haviam criado esses opostos; para a natureza não há opostos. Nem mesmo a vida e a morte: uma é apenas extensão da outra."

Para conseguirem sobreviver na atual situação da cidade, os jovens precisam superar diferenças e limites morais pessoais, precisam aprender a lidar com o medo e adaptar-se rapidamente às mudanças e improvisos. Precisam crescer e amadurecer, pois podem ser pegos ou mortos, e essas não são suas opções. O inimigo os matam se tiverem a chance, então eles devem estar preparados para matar de volta.

Bem escrito, dinâmico, com cenas de ações e perseguições, e um pouco de romance para suavizar, Amanhã: Quando A Guerra Começou, é uma leitura bem gostosa, que pode agradar aos homens e mulheres. A série foi escolhida como a mais fascinante pelos jovens leitores nos EUA, na Suécia e Austrália.

Classificação:

Vocês sabiam que Amanhã: Quando A Guerra Começou virou filme? Em breve também terá a resenha dele aqui no blog!  Enquanto isso, deem uma olhada no trailer:

Nenhum comentário:

Postar um comentário