10 outubro 2012

#Livro Equinócio - A Primavera + Promoção


Ficha Técnica
Literatura Nacional
Título: Equinócio - A Primavera
Autor(a): Lu Piras
Ano: 2012
Editora: Dracaena
Páginas: 440
Sinopse: A cidade do Rio de Janeiro é o pano de fundo onde a estudante de medicina Clara vive sua rotina diária com a família e amigos. O que ela não imaginava é que tudo o que acreditava estivesse prestes a mudar, com a visita inusitada de um anjo. As força do mal ameaçam escravizar a raça humana e, para impedir, o anjo da guarda Nath-Aniel (Nate) vem à Terra, disfarçado de humano, para alertar sua protegida Clara de que sua vida está em risco. Proibido de agir em nome dos humanos e alterar seus destinos, o anjo acaba por se envolver demasiado quando revela a Clara que o pai dela, um renomado cientista, é o responsável pela descoberta que despertou as forças do mal: a fórmula da perpetuação da vida humana (criônica). Toda a missão da legião de anjos celestiais é colocada em risco quando Nate e Clara se apaixonam.

Depois de meses louca para ler Equinócio, a querida Alê, do blog Alê Lendo me emprestou o livro e, ao término da leitura – em dois dias –, sem medo anuncio que está entre um dos meus livros preferidos do ano! Tipo assim, no top 5 livros mesmo!

Clara é uma estudante de medicina que mora com seu pai, Maurício, um renomado cientista; sua irmã, Olívia, de 11 anos, porém madura para a sua idade (Hermione feelings?) e a governanta(?) Maria. Sua mãe, Beatriz, morreu a alguns anos, deixando um imenso vazio, principalmente em seu pai, que se recusou a aceitar a morte da esposa e a partir desta decidiu que iria conseguir chegar até a fórmula da criônica para poder tê-la de volta. É ai que a história se desenrola.


"Toda essa riqueza de traços fisionômicos tão singulares e nobres contrasta com seu estilo casual, largado, e bagunçado."

Deixe-me explicar: o pai da Clara congelou o corpo da mãe dela e espera trazê-la de volta através de um processo cientifico chamado a criônica. Esse processo chamou a atenção dos Renegados – os anjos caídos – que gostariam de usar essa tecnologia para o mal.

Em meio a complicações com o pai, amigos que de repente se portam como inimigos e inimigos que começam a virar amigos, Clara precisa ajudar a Legião – composta pelos anjos do bem, aqueles que ficam mais próximos da Terra – a impedir que os Renegados tenham a posse da criônica. Nesse meio tempo, ela se aproxima de seu anjo da guarda, Nate, que apesar de sua natureza, parece ser mais humano que anjo.

O enredo é envolvente e a narrativa uma delícia. A escrita da Lu é linda e poética nas descrições. Fiquei encantada em como o livro consegue possuir tamanha leveza e suavidade em meio às coisas ruins que acontecem. A forma com que a autora apresenta os fatos e acontecimentos não pesa e não me deixou angustiada de maneira ruim! Amei demais!

"A verdade é que nunca tive medo de morrer, mas agora que descobri Nate, me apavora a perspectiva de perdê-lo para sempre."

O romance entre Clara e Nate é outro ponto positivo. Não sei como descrever, mas por falta de palavras, digamos que é uma mistura saudável e funcional da humanidade de Clara e angelicalidade de Nate. Simplesmente lindo e delicado.

Fiquei imensamente satisfeita com o livro. A editora fez um ótimo trabalho na elaboração da capa e na editoração. A revisão foi praticamente impecável, só reparei em dois errinhos de digitação simples que não da nada. Agora é aguardar ansiosamente (muito ansiosa, diga-se de passagem) pela continuação, Polaris – O Norte, para saber o que irá acontecer em seguida – o final é um grande laço para o próximo livro.

Classificação:

Já não bastasse a Alê ter me emprestado seu livro, ela também presenteou o blog com um exemplar autografado para sorteio! *-* Diz que não é linda? Brigadão – pela enésima vez – Alê! :D

Se você ficou curioso para ler o livro, agarre suas chances com força e participe da promoção: Descobrirei o Equinócio com o Jardim de Borboletas!

12 comentários:

  1. Olá, Maria!

    Que resenha linda, cheia de ternura! *-*
    Para um autor é bom demais saber que o leitor gostou, mas melhor ainda é saber que a experiência da leitura correspondeu as expectativas! Equinócio foi escrito para que o leitor se sinta bem durante a leitura. É leve e é primaveril como a capa transmite. É uma fantasia romântica cuja pretensão maior é fazer o leitor sonhar junto comigo. Que bom que você embarcou comigo! *-*

    Polaris vem aí, logo no início do ano que vem!

    Beijocas,

    Lu
    @LuPiras80
    www.equinocioaserie.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Maria!
    Já li várias resenhas positivas de Equinócio, e isso me dá um gás maior para lê-lo. Dá um orgulho em saber que é brasileiro e que, acima de tudo, parece ter uma história encantadora. Temos que olhar mais para nossos talentos, e espero que a Lu consiga o talento que merece.
    Estou participando da promo e torcendo muito para ganhar!

    Beijos,
    Gabe
    http://desejosdesabado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Que legal! O livro deve ser muito bom mesmo.
    Gostei.

    André Luiz
    www.viajandonoslivros.com

    ResponderExcluir
  4. Oi!!! Que fofo o blog. Adorei. A promoção é muito legal! Participando!

    ResponderExcluir
  5. amei a resenha, fiquei com muita vontade de ler o livro agora!!!

    ResponderExcluir
  6. Esse livro é lindão!!!!
    Achei ele muito bacana, fiquei impressionada com a escrita da Lu!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Até uma semana atras, eu não sabia da existência desse livro. Então uma amiga minha me contou a história e eu me apaixonei *-* Fui pesquisar um pouco e então, dei de cara com essa promoção! Mas sorte seria se eu ganhasse, né? u.u
    #A resenha tá ótima ;)

    ResponderExcluir
  8. Eu estou muito curiosa pra ler Equinócio. Acompanhei toda a luta da Lu em busca de uma editora, até que ela anunciou que o livro seria lançado pela Dracaena. A capa provisória era maravilhosa e a definitiva conseguiu superá-la, por mais impossível que isso parecesse ser. A história é linda demais e quero muito um exemplar na minha estante! =)

    ResponderExcluir
  9. Parabéns a LU! Já li Equinócio e estou esperando Polaris!

    ResponderExcluir