13 setembro 2012

#Série "Revolution"

Atualmente utilizamos energia para praticamente tudo, até coisas extremamente banais, e aposto que muitos já tentaram imaginar como seria viver em um mundo sem energia, e chegaram à conclusão de que seria impossível, e é sobre esse assunto que a nova série, Revolution, trata. Criada por Eric Kripke e com J. J. Abrams como produtor executivo. A série se passa após em um futuro pós-apocalíptico, onde nenhum tipo de energia funciona e as leis da física viraram de cabeça para baixo.


Nenhum tipo de energia funciona, e nenhum tipo pode ser produzida, devem se perguntar “e as baterias?”, pois bem, nada, funciona, fazendo carros, aviões, TV’s, celulares, e qualquer outro objeto elétrico simplesmente desligar ou parar. Após quinze do apagão, as pessoas abandonaram as cidades, morando em pequenos ou grandes vilarejos, que são controlados por Milícias, que cobram taxas para poder morar em suas terras.

A história gira em torno da família Matheson, o pai, Ben, antes do apagão, pega informações em um pen drive que pode conter o motivo que causou o apagão, ou como reverte-lo, o transformando em um alvo para muitos, a filha Charlie, que gosta de se aventurar pela floresta próxima a vila para encontrar coisas sobre a vida antes do apagão, seu irmão Danny, que não é tão aventureiro como Charlie, e sua madrasta Maggie. Sem contar outros personagens que também tem importância na historia (Pretendo evitar spoilers. E também quero deixa-los curiosos).


Até agora somente o episódio piloto da série foi ao ar, no dia 17 de Setembro. Quando vi a preview me interessei pela série, apesar da temática ser um tanto clichê, e gostei de como começou a ser trabalhada, mas vejamos como o enredo vai se desenrolar nos próximos episódios. Devo admitir que se tratando de um trabalho de J. J. Abrams estou pensando em teorias de conspiração ou aliens envolvidos no apagão. Agora é só esperar e ver no que vai dar.

Preview:






(se a legenda não estiver funcionando é só ativar)